segunda-feira, 25 de outubro de 2010

hospital publico é cruel X pessoas



Dia 13 de outubro na hora do almoço, escorreguei e caí, machucando o joelho.

Foi praticamente nessa posição que caí, com o pé esquerdo foi todo pra frente enquanto cai sobre a perna dobrada para fora, portanto em cima da parte interna do joelho.



Fui ao pronto socorro e o médico ortopedista que me atendeu (muito mal por sinal), disse que havia um problema no ligamento depois de olhar o raio-x, afirmando que na parte óssea estava tudo bem,  e me encaminhou para fisioterapia juntamente com um endereço anexado e não explicou absolutamente NADA, entregou-me o papel e mandou ir lá, nem os remédios ele explicou como eu deveria tomar, e eu com dor nem me toquei de nada, só queria ir pra casa.....
Saí do hospital no final da tarde,  imobilizada.

Isso foi na 4ª feira.....Portanto meu namorido iria na 5ª feira (dia seguinte) ao hospital agendar a fisio....hãhã


Chegando lá com os papeis, a atendente informou que eu teria que ir junto e passar por um nova avaliação médica. Coisa que o médico não explicou. Mais um dia perdido...
Disseram para ir na 2ª feira, chegando lá pela manhã, absurdamente lotado, uma médica disse para voltar na parte da tarde para que eu não ficasse na espera por tantas horas, voltei as 15:30 hs. (com dor e entrando e saindo do carro) mas vamos lá né.

Quando o médico finalmente me atendeu, ouvi que não era para eu estar lá, que "aquele" médico manda todos pra lá e ele manda todos de volta...Ele escreveu no próprio pedido médico para procurar a assistente social (que teria que ter resolvido o caso) do hospital que havia me atendido, fomos direto para lá, preferi ficar no carro enquanto namorido resolvia...
Serviço Social é uma profissão de curso superior cujo objeto de intervenção são as expressões multifacetadas da questão social. Tem contribuições da sociologiapsicologiaeconomiaciência políticafilosofiaantropologiapedagogia. O Serviço Social é uma profissão de caráter sócio-político, crítico e interventivo, que se utiliza de instrumental científico multidisciplinar das Ciências Humanas e Sociais para análise e intervenção nas diversas refrações da “questão social”, isto é, no conjunto de desigualdades que se originam do antagonismo entre a socialização da produção e a apropriação privada dos frutos do trabalho.}  Profissional comprometido com os valores e princípios norteados do Código de Ética do Assistente Social.Agora pergunto pra que uma idiota dessas estuda se forma se não serve pra nada, não tem (quer) a capacidade de resolver um problema tão pequeno????? Ela soube jogar de volta nas costas de outro inútil. Pessoas são o problema!!!

Mais uma vez nada resolvido, a assistente social mandou voltar na 4ª feira e passar com e mesmo médico, fiquei muiiiiiiiito revoltada, voltei pra casa.

Claro que eu não queria passar com o mesmo médico, se não deu certo na primeira não seria diferente na segunda.....
Fui na 5ª feira, esperando encontrar outro médico de plantão,  cheia de dor e nervosa, já na recepção não queriam me atender alegando que não seria lá pois lá é só primeiros socorros, esbravejei e consegui ser atendida pelo médico que depois de ouvir toda minha história me disse o seguinte:
-►1º o médico que te atendeu errou
-►2º a assistente social errou
-►Vc tem que ir lá no balcão e eles tem que te arrumar um endereço

Saímos de lá com o endereço, para agendamento.
Quando minha mãe ligou lá, advinha só....lá eles tbm não atendem!!!

E AGORA PRA ONDE VOU? COM QUEM FALO.? ATÉ QUANDO FICAREI ASSIM SEM ATENDIMENTO E CUIDADOS MÉDICOS?

Vou dizer uma coisa, não adianta culpar o governo ou o Kassab, é muito revoltante mas o problema está nas pessoas, elas perderam o amor dentro de si, elas não fazem o sistema funcionar, as pessoas que não estão nem aí, sejam elas médicas ou faxineiras, independente de ter ou não uma boa remuneração na sua profissão.
Eu (ninguém) não tenho culpa se o cara decide se formar médico e não está satisfeito na sua profissão/cargo,  ele tem OBRIGAÇÃO de me atender bem e com respeito.
É impossível um sistema funcionar se as pessoas que estão alí não o fazem com dedicação e respeito, pouco se importam com o próximo, se tratam com faíscas nos olhos, não tem caráter.....
É muito triste ver como as coisas estão....Não há plano de governo que faça algo funcionar se as pessoas primeiramente não se consertarem!!

Bom graças a Deus, uma pessoa decidiu me ajudar e conseguiu uma consulta para o dia 30/10...Espero que dessa vez dê tudo certo, pq preciso fazer ressonância disse o ultimo médico que me atendeu!!!

------------------->> continua




Um comentário:

SheilaCristiane disse...

Reeee, eu li, mas preciso discordar um pouquinho só com você!
O problema não está nos hospitais públicos, e sim em quem atende, isso você vai encontrar até em hospital particular, e não pense que são poucos os casos. Não sei se sabe , mas um dia fiz uma coisa q detesto q os outros façam, mas tive q partir pra ignorância dentro de um hospital privado e dizer: VC SABE COM QUEM ESTÁ FALANDO?rsrsrsrs (odeio q façam isso).
É uma longa história, eu poderia até ter morrido alí, e pra eles não faria a miníma diferença!
Muitas pessoas não trabalham por vocação, trabalham por necessidade, e não estão ligando a mínima para o q acontece com as pessoas ao redor, hoje em dia, viver ou morrer é uma questão se sorte! (INFELIZMENTE)
Já fui muito melhor atendida em hospital público que privado...aliás, muitos hospitais privados não passam de uma privada de dinheiro!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

hospital publico é cruel X pessoas



Dia 13 de outubro na hora do almoço, escorreguei e caí, machucando o joelho.

Foi praticamente nessa posição que caí, com o pé esquerdo foi todo pra frente enquanto cai sobre a perna dobrada para fora, portanto em cima da parte interna do joelho.



Fui ao pronto socorro e o médico ortopedista que me atendeu (muito mal por sinal), disse que havia um problema no ligamento depois de olhar o raio-x, afirmando que na parte óssea estava tudo bem,  e me encaminhou para fisioterapia juntamente com um endereço anexado e não explicou absolutamente NADA, entregou-me o papel e mandou ir lá, nem os remédios ele explicou como eu deveria tomar, e eu com dor nem me toquei de nada, só queria ir pra casa.....
Saí do hospital no final da tarde,  imobilizada.

Isso foi na 4ª feira.....Portanto meu namorido iria na 5ª feira (dia seguinte) ao hospital agendar a fisio....hãhã


Chegando lá com os papeis, a atendente informou que eu teria que ir junto e passar por um nova avaliação médica. Coisa que o médico não explicou. Mais um dia perdido...
Disseram para ir na 2ª feira, chegando lá pela manhã, absurdamente lotado, uma médica disse para voltar na parte da tarde para que eu não ficasse na espera por tantas horas, voltei as 15:30 hs. (com dor e entrando e saindo do carro) mas vamos lá né.

Quando o médico finalmente me atendeu, ouvi que não era para eu estar lá, que "aquele" médico manda todos pra lá e ele manda todos de volta...Ele escreveu no próprio pedido médico para procurar a assistente social (que teria que ter resolvido o caso) do hospital que havia me atendido, fomos direto para lá, preferi ficar no carro enquanto namorido resolvia...
Serviço Social é uma profissão de curso superior cujo objeto de intervenção são as expressões multifacetadas da questão social. Tem contribuições da sociologiapsicologiaeconomiaciência políticafilosofiaantropologiapedagogia. O Serviço Social é uma profissão de caráter sócio-político, crítico e interventivo, que se utiliza de instrumental científico multidisciplinar das Ciências Humanas e Sociais para análise e intervenção nas diversas refrações da “questão social”, isto é, no conjunto de desigualdades que se originam do antagonismo entre a socialização da produção e a apropriação privada dos frutos do trabalho.}  Profissional comprometido com os valores e princípios norteados do Código de Ética do Assistente Social.Agora pergunto pra que uma idiota dessas estuda se forma se não serve pra nada, não tem (quer) a capacidade de resolver um problema tão pequeno????? Ela soube jogar de volta nas costas de outro inútil. Pessoas são o problema!!!

Mais uma vez nada resolvido, a assistente social mandou voltar na 4ª feira e passar com e mesmo médico, fiquei muiiiiiiiito revoltada, voltei pra casa.

Claro que eu não queria passar com o mesmo médico, se não deu certo na primeira não seria diferente na segunda.....
Fui na 5ª feira, esperando encontrar outro médico de plantão,  cheia de dor e nervosa, já na recepção não queriam me atender alegando que não seria lá pois lá é só primeiros socorros, esbravejei e consegui ser atendida pelo médico que depois de ouvir toda minha história me disse o seguinte:
-►1º o médico que te atendeu errou
-►2º a assistente social errou
-►Vc tem que ir lá no balcão e eles tem que te arrumar um endereço

Saímos de lá com o endereço, para agendamento.
Quando minha mãe ligou lá, advinha só....lá eles tbm não atendem!!!

E AGORA PRA ONDE VOU? COM QUEM FALO.? ATÉ QUANDO FICAREI ASSIM SEM ATENDIMENTO E CUIDADOS MÉDICOS?

Vou dizer uma coisa, não adianta culpar o governo ou o Kassab, é muito revoltante mas o problema está nas pessoas, elas perderam o amor dentro de si, elas não fazem o sistema funcionar, as pessoas que não estão nem aí, sejam elas médicas ou faxineiras, independente de ter ou não uma boa remuneração na sua profissão.
Eu (ninguém) não tenho culpa se o cara decide se formar médico e não está satisfeito na sua profissão/cargo,  ele tem OBRIGAÇÃO de me atender bem e com respeito.
É impossível um sistema funcionar se as pessoas que estão alí não o fazem com dedicação e respeito, pouco se importam com o próximo, se tratam com faíscas nos olhos, não tem caráter.....
É muito triste ver como as coisas estão....Não há plano de governo que faça algo funcionar se as pessoas primeiramente não se consertarem!!

Bom graças a Deus, uma pessoa decidiu me ajudar e conseguiu uma consulta para o dia 30/10...Espero que dessa vez dê tudo certo, pq preciso fazer ressonância disse o ultimo médico que me atendeu!!!

------------------->> continua




Um comentário:

SheilaCristiane disse...

Reeee, eu li, mas preciso discordar um pouquinho só com você!
O problema não está nos hospitais públicos, e sim em quem atende, isso você vai encontrar até em hospital particular, e não pense que são poucos os casos. Não sei se sabe , mas um dia fiz uma coisa q detesto q os outros façam, mas tive q partir pra ignorância dentro de um hospital privado e dizer: VC SABE COM QUEM ESTÁ FALANDO?rsrsrsrs (odeio q façam isso).
É uma longa história, eu poderia até ter morrido alí, e pra eles não faria a miníma diferença!
Muitas pessoas não trabalham por vocação, trabalham por necessidade, e não estão ligando a mínima para o q acontece com as pessoas ao redor, hoje em dia, viver ou morrer é uma questão se sorte! (INFELIZMENTE)
Já fui muito melhor atendida em hospital público que privado...aliás, muitos hospitais privados não passam de uma privada de dinheiro!